Apesar de tudo, é preciso ter fé.

Texto base: (Números 14: 6-30) - E disse o SENHOR a Moisés: Até quando me provocará este povo? E até quando não crerá em mim, apesar de todos os sinais que fiz no meio dele?

Introdução: O texto que lemos mostra com muita clareza a maneira que Deus estabelece suas promessas e como Ele espera que venhamos corresponder com fé à possessão de cada uma de suas promessas para as nossas vidas. Deus nunca entregou suas promessas de mão beijada, mas sempre exigiu algo em troca, este algo sempre foi a fé.

 

Deus estava indignado com a forma com que os israelitas caminhavam em direção a terra prometida, pois embora cercados de todas as garantias do direito a terra, estavam dominados pelo complexo do “eu não posso, eu não consigo”.

Não existe para Deus coisa pior que a falta de fé, pois a falta de fé significa dizer: “Deus tu não sabe bem o que esta fazendo”.

A igreja de hoje é o Israel espiritual de Deus, e esta amparada em promessas superiores, ou seja, a um nível de conquista ainda maior. Antes era para uma nação mas agora é para o mundo inteiro, e isto exigirá uma maior determinação para alcançar nossos objetivos.

Objetivo de Israel era Canaã, o objetivo da igreja é a terra.

Esta afirmação pode soar estranho e controverso para algumas pessoas, mas é preciso identificar com clareza qual o objetivo principal da igreja. Por muito tempo a igreja caminhou mais preocupada com os céus do que com a terra. (Jeremias 29:7)

De quem é a terra? (Salmos 24:1) - DO SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam.  (I Coríntios 10:26) - Porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude.

Canaã era de Israel (Números 13:2) mas existiam gigantes que moravam lá, assim como a terra é da igreja e satanás a tem possuído (Lc.10:18).

A igreja precisa tomar posse da terra para que o seu reino venha até nós, não é assim na oração do Pai Nosso? “Venha o Teu reino”.

Não importa quem seja o intruso na terra, Deus deu a ordem. A garantia é esta: (Mateus 16:18) - Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;

A rebeldia é um grave pecado contra Deus.

Todo pecado de rebeldia foi tratado por Deus com muita severidade, pois a rebelião implica em revolta contra a decisão de Deus. Precisamos entender que Deus decide e nós obedecemos. É simples.

Vejamos alguns exemplos:  (I Sm15:22-23 )   Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.    Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniqüidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.

Números 16:1-50 trata  sobre a rebelião de Corá, Datã e Abirão em que pelo ato deles Deus a fez abrir um buraco na terra e os engoliu. (v.31-33)

Precisamos compreender que a igreja esta amparada em promessas superiores que nos remetem para atitudes ousadas de fé em todos aspectos da nossa vida e para isto é necessário não sermos negligentes diante da ordem de Deus com respeito a suas promessas e  direção para a igreja. (Josué 18:3) - E disse Josué aos filhos de Israel: Até quando sereis negligentes em chegardes para possuir a terra que o SENHOR Deus de vossos pais vos deu?

A ordem de Jesus aos discípulos foi: Ide por todo mundo.

Deus fará o que a minha mente acreditar.

Números 14:28  Deus  jura pelo seu  nome que faria tudo o que os israelitas pediram, ou seja, tudo aquilo que eles admitiram em suas mentes.

Somos a reprodução exata do que pensamos (Provérbios 23:7a) -  Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele.

Josué e Calebe acreditaram que eles eram destruidores de gigantes, os incrédulos acreditaram que eram gafanhotos e não entraram na terra.

O texto que estamos meditando mostra-nos que só podemos alcançar aquilo que acreditamos que é possível alcançar.

Se você se entregar para a doença, para o vício, para a crise, para a dificuldade e etc., você será refém disto tudo.

Não estou pedindo para você ignorar estes desafios, mas enfrentá-los com a determinação de vencê-los, Josué e Calebe não ignoram o fato de que existiam gigantes em Canaã, pelo contrario eles estavam sedentos em derrotá-los.

No que você esta acreditando nos dias de hoje?

O que você acredita é a sua realidade.

José Carlos, pr

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar