Uma nova estação chamada Maturidade

  • PDF

Uma nova estação chamada  maturidade

Efésios 4:12-16

Não há como visualizar uma igreja forte sem esta estar avançando em maturidade, pois maturidade tem haver em chegarmos à medida da plenitude de Cristo. Para muitos, isto parece ser uma utopia, ou seja, somos humanos e sempre vamos padecer em nossa humanidade. Mas no  versículo 12,  Paulo fala em “preparação dos santos”, no grego este termo é “Capacitação, Aperfeiçoamento” (katartismos). Então podemos afirmar que o desejo de Cristo não é uma utopia quando ele afirma: a fim de que ele a apresentasse a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante,mas que fosse santa e sem defeito.(Ef. 5:27 - sbb).

 

Então a palavra afirma que Cristo padeceu para que a igreja seja apresentada a Ele sem defeito, mas para que isto seja real em nossas vidas precisamos nos submeter ao processo de maturidade, poderíamos trocar a palavra sem defeito por perfeito, que na bíblia tem o sentido de “maduro”.

 

A maturidade é o grande desafio da igreja de Cristo, sem maturidade não há com sermos fortes, sem maturidade não há como avançarmos para coisas extraordinárias, sem maturidade, não sairemos do lugar e a falta de maturidade é o entrave para usarmos da posição pelo qual Cristo nos elegeu, de estar asentados com Ele nas regiões celestiais (Ef. 2:6).

 

Todas estas conquistas em Deus tem haver com maturidade, tem haver com nosso aperfeiçoamento e capacitação, como Paulo escreve no versículo 13, até que todos alcancem a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade. Paulo assevera que o modelo pelo qual devemos nos medir é Cristo, o Filho de Deus. No novo testamento, ap. Paulo usa duas expressões para filho, “huios e teknon”, e é neste ponto que precisamos identificar que tipo de filho temos sido para Deus.

 

Huios gr. = significa um filho maduro, plenamente confiável em que o pai pode de fato confiar e depositar sobre o filho todas as coisas. Era muito comum no velho testamento o pai deixar toda herança para o filho mais velho, porque era o mais maduro. Mas o pai deixava para o filho a herança com um legado, ou seja, daria a continuidade daquilo que o pai fazia.

 

Teknon gr. = significa um filho imaturo, sem condições de assumir responsabilidades, é o filho em que o pai ama, cuida, zela mas sabe que não pode dar a ele determinadas coisas porque é uma criança. Ele é irresponsável porque não atingiu a maturidade necessária para poder receber coisas maiores.

A maturidade fará com que deixemos as coisas de crianças (1Co. 13:11) para podermos assumir um papel relevante na sociedade como filhos (huios) de Deus, pois o apostolo Paulo deixa claro no versículo 14 que o propósito da capacitação é para que não sejamos mais levados de um lado para outro pelas ondas e ventos de ensinos enganosos, ensinos distorcidos por homens espertos.

 

Como filhos de Deus desejamos ser abençoados, sim ou não? Para que? Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres. (Tiago 4:3).  Existe um propósito da parte de Deus em Ele te abençoar. Existe um caminho a ser percorrido para a maturidade.

 

A maturidade nos faz consertar as coisas: vida, família, negócios e ministério.

 

A maturidade é um caminho de unidade: a unidade começa por mim, começa dentro da minha casa, na igreja e assim por diante.

 

A maturidade são degraus que me levam mais confiadamente na esperança de que posso avançar para mais próximo da semelhança de Cristo, pois como filhos (huios) já crescidos,  aprendemos a obedecer pelas coisas que sofremos (Hb. 5:8).

 

José Carlos, pr

 

Comentários  

 
0 #1 Crysthoffer 07-11-2016 20:35
Benção essa palavra
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar