Níveis de recompensa da honra

  • PDF

Cultura de Honra

Texto base: Não há profeta sem honra, senão na sua terra, entre os seus parentes, e na sua casa (Marcos 6:4).

Introdução: Neste estudo veremos que há três níveis de recompensa da honra: Recompensas plenas, recompensas parciais e nenhuma recompensa. Todas estas recompensas estão diretamente ligadas à maneira que lidamos com o princípio da honra.

 

Nenhuma recompensa: E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoado está os teus pecados. E estavam ali assentados alguns dos escribas, que arrazoavam em seus corações, dizendo: Por que diz este assim blasfêmia? Quem pode perdoar pecados, senão Deus? (Marcos 2:5-7).

Podemos pressupor que dentre aquele grupo de escribas existia alguns deles com algum tipo de enfermidade, algum tipo de situação que necessitasse da intervenção de Deus, mas pelo fato de que, não havia o consentimento em seus corações para dar honra a Jesus, mas sim arrazoar em seus corações. Muitos daqueles fariseus, mestres da lei e escribas, já tinham desenvolvido um padrão de desonra com relação a Jesus. Eles o haviam desprezado, zombado dele, e tentado muitas vezes envergonhá-lo publicamente. Está escrito: "Os escribas e fariseus observavam-no... a fim de acharem de que o acusar" (Lucas 6:7). Por isso todos aqueles que desenvolveram em seus corações este padrão de desonra a Jesus não alcançaram nenhuma recompensa.

Recompensas parciais: E Jesus lhes dizia: Não há profeta sem honra senão na sua pátria, entre os seus parentes, e na sua casa. E não podia fazer ali nenhuma obra maravilhosa; somente curou alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos. (Marcos 6:4-5).

Nestes versículos é notória a ênfase de Jesus sobre a honra e que a incredulidade é resultado da falta de honra. Pois Jesus estava em sua terra natal, Nazaré e praticamente todas as pessoas da cidade já haviam tido algum tipo de contato com Jesus, quem sabe Jesus já lhes havia prestado algum serviço de carpintaria construindo-lhes alguns moveis ou outros diziam, mas este Jesus foi colega de classe do meu filho. Enfim o fato é que Jesus fica admirado com a atitude dos seus conterrâneos E estava admirado da incredulidade deles. E percorreu as aldeias vizinhas, ensinando (Marcos 6:6). Parece-me que Jesus preferiu ir para as cidades vizinhas, porque o resultado era maior. Embora toda clima de desonra e incredulidade, alguns mesmo assim foram curados, mas tudo indica que Jesus não ficou satisfeito, porque o resultado foi parcial, ou seja, a recompensa alcançada ali foi parcial

Recompensas plenas: E dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico, e violentamente atormentado. E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde. E o centurião, respondendo, disse: Senhor, eu não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar (Mateus 8:6-8).

Este é apenas um de muitos exemplos bíblicos de pessoas que alcançaram plena recompensa por entenderem o principio de honra. Vejamos no caso do centurião, este era um homem muito importante, uma autoridade romana e que tinha a responsabilidade de representar o imperador romano sobre todo povo judeu, pois Roma era o governo e Israel estava sujeito a Roma. Bem, agora este centurião que liderava uma equipe de soldados, chega a Jesus pedindo ajuda, porque um de seus soldados estava doente, então Jesus diz ao centurião que iria até onde estava o soldado, mas este diz a Jesus que ele não era digno de que Jesus estivesse sob seu teto, “dize apenas uma palavra e meu soldado ficara curado”. Este romano diferente dos conterrâneos de Jesus reconheceu que Jesus era filho de Deus e que estava na terra debaixo da autoridade dos céus, por isso ele usou do exemplo da sua autoridade sobre seus soldados. Este romano decidiu honrar a Jesus e recebeu uma recompensa plena, pois o soldado foi curado apenas por uma palavra liberada porque alguém entendia o que é honra.

Conclusão: Hoje vimos sobre as recompensas da honra que são plenas, parciais ou nenhuma. Aconselho ler os textos acima citados e comparar com as suas atitudes, e procure identificar em que nível e recompensa você se encontra. Este assunto esta apenas começando, na próxima semana estaremos falando mais sobre a honra.

José Carlos, pr

Última atualização em Sex, 23 de Maio de 2014 10:36