Áreas de influências da cultura do reino de Deus

  • PDF

RESENHA DO LIVRO – MODELO SOCIAL DO ANTIGO TESTAMENTO

COPE, Landa Lea. Modelo Social do Antigo Testamento. 2ª Edição 2008. Ed. Jocum Brasil. 232p.

Neste livro Landa Cope desafia seus leitores para uma descoberta de que a fé influencia nossas ideias e ações em cada área de influência da sociedade.

Através da História, vemos que os cristãos influenciavam, pela sua forma de pensar e agir, as comunidades e nações nas quais viviam.

 

Martinho Lutero falava que um evangelho que não trata dos assuntos atuais, não é o verdadeiro Evangelho. A autora nos convida para o desafio de descobrir quais os pensamentos bíblicos que vão discutir os assuntos deste Século de uma forma eficiente e redentora, com o objetivo de ajudar a trazer os pensamentos e ações cristãs vitais, relevantes e eficazes, de volta ao Século XXI. Uma jornada, com mais perguntas que respostas.

 

Landa analisa um fato que foi o ponto de partida de seus questionamentos discutidos nesse livro, ao assistir um noticiário na TV despertou para o fato de que cidades com um alto índice de evangélicos não tem diminuído os índices de criminalidade, injustiças, sistema social falido, o que desqualificada a comunidade no quesito de qualidade de vida adequada. Chegando

a conclusão que os valores bíblicos não estão sendo aplicados pelos cristãos de hoje, portanto, não se pode ver a influência que essas verdades teriam e tiveram na história. E buscando a Deus ouviu de forma simples, fundamental e permanente: " — A devastação que você está vendo é o produto do abandono da Verdade bíblica completa. Pregaram apenas salvação, como se fosse minha única mensagem."

Através dos dois últimos séculos, os cristãos, especialmente os evangélicos, têm desenvolvido uma visão dividida do mundo. Esse processo foi acontecendo em tempos, regiões e denominações diferentes, mas, podemos dizer que, atualmente, esse pensamento dicotômico domina a maior parte do Cristianismo.

Essa dicotomia se desenvolveu da seguinte forma: uma parte da Igreja era da opinião de que a salvação era por conta de Deus, portanto, a responsabilidade da Igreja era cuidar das necessidades básicas do homem como alimento, vestuário, abrigo, Saúde e, talvez até, Educação. Outra parte da Igreja reagiu com um forte "Não!". Sua opinião era a de que somente a alma do homem e a vida eterna tinham valor, portanto, o objetivo desse grupo se concentrava na salvação do homem. Eles se diziam preocupados com os assuntos espirituais, enquanto os do grupo anterior se preocupavam apenas com os materiais. Aqueles que achavam que a função principal da Igreja era somente a salvação dos homens se tornaram conhecidos

como evangélicos e começaram a se referir aos membros do outro grupo como liberais. Os evangélicos estavam preocupados com os assuntos eternos e espirituais. Os liberais estavam mais preocupados com assuntos mundanos do dia a dia.

A Igreja evangélica atual é uma igreja enorme, porém fraca, pois, perdemos a maior parte da mensagem do Reino. Porém, não precisamos parar de pregar a mensagem da salvação individual, mas sim, precisamos desesperadamente recuperar as verdades essenciais contidas no restante da mensagem do Reino de Deus.

Quando alguém lhe pedir para fazer um trabalho, sempre pergunte como deve ficar o trabalho depois de concluído para que seja considerado um trabalho bem feito. A vida de Jesus na Terra ensina que Seu Pai o enviara, dentro do tempo e espaço, para que cumprisse objetivos específicos. Ele sabia quais eram esses objetivos e os cumpriu. O trabalho de alcançar o mundo inteiro não foi concluído na sua morte, mas Jesus entendeu que não tinha sido enviado para fazer tudo. Uma grande parte da missão iria ser completada pela Igreja que Ele estava deixando na Terra. Somente então Ele será glorificado na minha vida e por meio do nosso trabalho.

Qual é o trabalho da Igreja?

Historicamente, alguns têm dito que o trabalho é salvar as pessoas e fortalecer mundialmente a Igreja. A espinha dorsal do nosso propósito: alcançar e ensinar!! Nos últimos momentos de sua vida na terra, Jesus deu instruções aos seus discípulos.

Há uma continuidade de Adão até Jesus Cristo, uma espinha dorsal do propósito da nossa existência. Parece claro que essa ênfase na multiplicação e na benção, ou seja, na quantidade e na qualidade, está nos planos e propósitos de Deus para o homem, desde a sua criação. Podemos avaliar o trabalho da Igreja em duas dimensões: a amplitude de alcançar cada criatura e a profundidade de abençoar e discipular todas as nações. A tarefa quantitativa: alcançar cada criatura. A tarefa qualitativa: discipulando todas as nações.

Não é o suficiente alcançar os não alcançados. Não é o suficiente implantar igrejas nos lugares onde não há igrejas. O trabalho é discipular as pessoas e, por intermédio delas, discipular suas comunidades e suas nações. Se não fizermos isso, não estaremos cumprindo com o propósito para o qual fomos criados. E ainda, se não discipularmos as nações, Deus não estará sendo glorificado em nossa geração. Ele é glorificado quando nós concluímos o trabalho que Ele deixou para Igreja.

Como reconquistar a sabedoria, o conhecimento e a influência para transformar comunidades como a Igreja tinha feito no passado? Quais são as chaves? Como restaurar a revelação total?

Essas são perguntas que a autora faz em busca de uma revelação de “como” discipular uma nação.

O trabalho de Moisés era discipular uma nação, ensinar um povo - que tinha sido escravo por mais de 300 anos - sobre como formar e administrar a nação que acabara de nascer. Moisés tinha de ensinar a Israel os princípios de Deus sobre Governo, Economia, Família, Igreja e todas as outras áreas da Sociedade, que Deus entregara ao domínio humano. Esse homem de Deus tinha uma enorme visão quanto ao papel da Igreja no desenvolvimento do Reino de Deus e à sua influência na Terra.

A maior situação de refugiados da História moderna foi a dos afegãos, na fronteira paquistanesa, depois da invasão feita pela ex-União Soviética. Os afegãos eram refugiados, mas os judeus fugindo do Egito eram um povo sem nada.

Deus fez uma promessa e a cumpriu. Deus fez uma promessa a Israel de fazer deles uma grande nação e a cumpriu. Os princípios de Deus, se aplicados, podem e conseguem transformar comunidades e nações. Se Deus pôde desenvolver esses pobres hebreus, tornando-os uma grande nação, Ele pode fazê-lo com qualquer nação que existe em qualquer época, porque, nenhuma comunidade ou nação nesse mundo de hoje se encontra em situação pior que a dos Israelitas que estavam no deserto.

A jornada do povo de Israel, da escravidão para a grandeza, é o nosso modelo para discípularmos as nações!

Estudando as escrituras para descobrir quais os princípios e valores do Reino para discipular nações, Landa inicia uma “pintura” da bíblia colorindo as áreas de influências classificadas em

Governo, Economia, Família, Ciência e Tecnologia, Artes e Entretenimento, Comunicação, Educação e a Igreja.

O Evangelho do Reino diz respeito a todas as áreas da vida e ao reduzirmos o Evangelho para apenas salvação, também reduzimos nossa revelação de Deus para ser apenas Salvador, e perdemos a revelação de deus como Deus como Rei dos Reis: o Senhor da Justiça, Jeová Jirê: o Senhor da Economia, Deus Pai: o Senhor da Família, Deus Criador: o Senhor da Ciência e Tecnologia, Palavra Viva: o Senhor da Comunicação, Oleiro: Senhor das Artes e da Beleza, Grande Mestre: o Senhor da Educação.

 

Governo

“ Paz não é somente a ausência de conflitos é também a presença de justiça”

Um dos princípios fundamentais é o de que a finalidade principal do Governo é servir à população de uma nação, proporcionando uma fonte confiável e objetiva de arbitragem e Justiça. O Governo é uma instituição de Deus e é essencial para a vida de uma nação.

É o povo que dá autoridade ao Governo. O caráter de um líder político é importante e deve ser considerado pelo povo na suas escolhas. O governo deve ser representativo de toda a população. Uma das finalidades principais do Governo é fornecer uma fonte de resoluções justas para as disputas e conflitos da população.

 

Economia

O pensamento dicotômico que cria uma falsa divisão entre o espiritual e o material e extremamente evidente na área da Economia como em todas as outras áreas. As promessas de Deus para Israel ao deixarem o Egito não estavam limitadas às bênçãos de natureza invisível. Ele prometeu que iria abençoá-los em todos os aspectos, inclusive em suas colheitas, gados e negócios. Ele afirmou que, se eles obedecessem aos seus ensinamentos, não veriam pobreza em sua terra. Deus cumpriu sua promessa.

"Assim, não deverá haver pobre algum no meio de vocês...” (Dt. 15:4)

A Bíblia enfatiza que o sistema econômico da comunidade deve ser constantemente direcionado para a eliminação da pobreza. Enfatiza a oportunidade (desenvolvimento), ao contrário do assistencialismo. . A essência do discipulado é o desenvolvimento do homem interior e, quer Deus esteja desenvolvendo um Governo ou uma Economia, Ele estará trabalhando no desenvolvimento das pessoas, em como elas se enxergam e pensam.

Ciência

Para os judeus, a Criação é a primeira revelação de Deus. Paulo disse que o mundo material revela os atributos invisíveis de Deus tão claramente, que ninguém tem desculpa de não vê-lo, Paulo argumentou com os místicos da sua época que Deus, não é somente o Deus do mundo invisível, mas também, do visível. Na bíblia encontramos ensinamentos sobre o meio ambiente e nossa responsabilidade de zelar pela Criação, sobre curas, sobre a função sacerdotal com cuidados básicos de saúde, sobre as propriedades farmacêuticas das plantas, modelos de saneamento básico, etc. na missão de descobrir e utilizar as leis de Deus para abençoar todas as pessoas, buscando um padrão de vida melhor, saúde melhor e melhor administração de todos os Seus recursos naturais.

Igreja

Todos os cristãos são sacerdotes, ministros, Igreja, e parte do Corpo de Cristo.

A ordem eclesiástica é chamada para ser representante de Deus para o povo e do povo para Deus, oferecendo discipulado a todos os cristãos sobre a natureza e o caráter de Deus, sobre Sua Palavra aplicada na prática, a fim de facilitar a expressão dessa fé nos cultos e nos sacramentos da igreja e para ser um exemplo moral dos padrões absolutos da Verdade de Deus. Se nós queremos ver novamente uma geração preparada para trazer diferenciais qualitativos, não só em suas vidas, como também, em suas comunidades, teremos de reintroduzir uma Teologia adequada tanto ao leigo quanto ao "Sacerdócio." A instituição da Igreja tem um papel vital no discipulado das nações, mas temos de entender bem qual é o papel de cada um.

Família

O propósito da Família é o de prover um ambiente de educação seguro para o crescimento, como também, prover princípios e o desenvolvimento da próxima geração. É o alicerce mais fundamental na construção da Sociedade.

Os principais atributos de Deus revelados através da Família são o amor e o cuidado.

Educação

Está claro na Palavra que Deus ama o conhecimento. Podemos dizer que uma mente curiosa é uma mente aberta a Deus e uma das principais características do discipulado é expressa em perguntas - o desejo de saber e aprender. Deus conhece todas as verdades, e todas as verdades que dizem respeito a qualquer a área de nossas vidas revelam a Deus. O mistério nas Escrituras é resultado da diferença entre o que sabemos e o que Deus sabe não o que pode ser conhecido. Através de Sua Palavra, Deus inicia e encoraja a sabedoria, o conhecimento e a educação. O principal atributo de Deus revelado através da Educação é a sabedoria.

Comunicação

Somos comunicadores feitos à imagem de um Deus comunicador. Na missão de proporcionar informações verdadeiras e objetivas de importância a toda a Sociedade para que os cidadãos possam tomar as suas decisões com conhecimento.

Se não nos arrependermos do nosso pensamento errado sobre essa área, "a Era da Comunicação" poderá vir a ser conhecida na História como a era mais obscura de todas, pela ausência total de Luz.

Como parte do ensinar às nações deve ser inclusos os Fundamentos Bíblicos da Comunicação.

Artes

Tudo o que Deus criou é bonito! Nada no Universo é sem cor, forma ou estilo. As Artes revelam o Criador através da Música, palavras, cores, Design, equilíbrio, movimento, harmonia, ritmo. Os atributos de Deus revelados através das Artes são: beleza, descanso e celebração. Porém, a beleza em si já é um atributo de Deus.

Tudo é criação de Deus. Qualquer coisa que Deus tenha feito pode ser usada para adorar Satanás, mas também, pode servir para revelar Deus.

Deus se reconciliou com todas as partes de Sua criação através de Jesus. A mensagem é o Reino, isso quer dizer que, quando pregamos apenas a salvação, estamos perdendo a maior parte da mensagem do Reino de Deus. Não conseguimos dar fruto em toda boa obra, porque, somente com a salvação, não podemos crescer no conhecimento de Deus sobre todas as outras áreas da vida. Não podemos ser fortalecidos com todo poder, pois, não temos o "pleno conhecimento da vontade de Deus com toda a sabedoria e entendimento espiritual." É preciso destruir esse pensamento dividido entre secular e sagrado e retomar o evangelho do Reino.

Como construímos grandes nações para o Reino de Deus? Damos a elas os ensinamentos de Deus por completo.

As nações expressam a diversidade de Deus e de Sua natureza. O trabalho de Moisés foi ensinar ao menor povo, ornais pobre e mais destituído na História sobre Deus e Ciência, sobre Deus e Justiça, Deus e Economia, Deus e Família, Deus e Adoração, Deus e Sabedoria, Deus e Beleza, Deus e Saúde, em outras palavras, Deus e todas as áreas da vida.

Revelamos Deus através do trabalho das nossas mãos. Quando nós, como cristãos, deixamos Deus fora dos nossos empregos e vamos ao trabalho só para ganhar dinheiro, então, o sal perdeu todo o seu sabor. Quando a "luz do mundo" é fraca, certamente a escuridão predomina. Para conseguirmos restabelecer a visão de Deus sobre o trabalho, devemos reconhecer a importância da Sociedade e de nossa função como cristãos de servi-la.

Vivemos em uma época em que tudo está constantemente mudando. Não temos nada a temer com as descobertas e com as informações, novas ou velhas, pois, os fatos podem apenas revelar a Deus, o seu caráter e os seus caminhos.

O que vemos em nossos tempos tem um propósito, pois, se Deus tardar e o fim do mundo não for agora, podemos viver no século em que, o Reino de Deus, pode vir a ter a maior influência no mundo em toda a História da raça humana. Vamos buscar a perspectiva de Deus em nossos dias.

O que concluo após ler esse livro, é que como cristãos não estamos na direção certa quanto a nossa missão como Igreja, mas nunca é tão tarde, e Deus não desistiu da humanidade, Jesus veio aqui com uma missão como homem e virá com uma missão como Deus, o que fazemos em meio a isso tem tudo haver com sua volta. Precisamos voltar as escrituras, seguir seus mandamentos e crescer como nação com um único propósito, o de glorificar ao Pai assim com Jesus fez, faz e fará. Deus é misericordioso com sua criação, mesmo se falharmos, se demoramos a ter uma cosmo visão bíblica, Ele é sempre o mais interessado na cura das nações e no futuro da humanidade.

 

João Pessoa, 2012

ETEM – ESCOLA DE TREINAMENTO E MENTORIADO

RESENHA DO LIVRO – MODELO SOCIAL DO ANTIGO TESTAMENTO

ALUNA: MARCELLA LOUREIRO

Modelo Social do Antigo Testamento

Última atualização em Qui, 14 de Julho de 2016 00:49

Comentários  

 
0 #3 Gempreendedora 10-12-2017 16:35
Porém se teu acontecimento jamais entretanto investimento perante o que representa os direitos de um associado da bocó com haveres, então tem a opção desde corrupção com método legal dentre empresas
sólidas visto que a Petrobras, a Adiantamento comiseração Curso de água Afetuoso, contudo até então, com instituições financeiras de que jeito poderosos
bancos que resolvam afastar respectivo cabedal com finalidade de pequenos no entanto médios
investidores.
Citar
 
 
0 #2 geraçãoempreendedora 04-12-2017 09:05
Que artigo espetacular! Já visitei o seu blog outras vezes, mas esta é
a primeira vez que escrevo um comentário. Inseri teu blog nos favoritos para que eu não perca nenhuma atualização.
Grande abraço!

Also visit my website :: geraçãoempreend edora: https://geracaoempreendedora.com/pequenos-negocios-lucrativos/
Citar
 
 
0 #1 FirstWinfred 27-10-2017 22:05
I have noticed you don't monetize your website, don't waste your traffic, you can earn extra cash every month because you've got high quality content.

If you want to know how to make extra money, search for: Mrdalekjd methods for $$$
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar