A NOSSA JUSTIÇA VEM DE DEUS!

  • PDF

Texto base: “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nEle, e Ele o fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.” (Salmos 37:5-6)

Introdução: Todos os dias pessoas são injustiçadas, caluniadas e perseguidas por motivos diversos, até por confessar sua fé em Jesus Cristo. É muito comum na atualidade, as pessoas buscarem a justiça através de processos judiciais, processando, até mesmo, irmãos na fé. Essas pessoas colocam sua confiança na justiça de ímpios ao invés de confiar na justiça de Deus. Certa vez, o apóstolo Paulo foi preso injustamente (a partir de Atos 21). E as autoridades, mesmo sem saber qual crime ele havia cometido, o prenderam e o açoitaram. Paulo citou a lei romana e sua cidadania para defender-se. (Atos 22:24-26). Mesmo assim, ele ficou dois anos preso na Cesaréia (At 24:27) e mais de dois anos em prisão domiciliar em Roma. Paulo aproveitou cada minuto de sua vida, seja livre, seja prisioneiro, seja em naufrágio e por toda a parte, para anunciar a salvação através de fé em Jesus Cristo.

Mas então, o que devo fazer diante das injustiças do mundo?

1. A justiça e o juízo pertencem a Deus. Justiça e juízo são a base do teu trono; misericórdia e verdade irão adiante do teu rosto. (Salmo 89:14a; Sl 97:2b) – Deus é aquele que está assentado em seu trono, tendo ao lado direito nosso advogado fiel, Jesus Cristo. A sua lei é a verdade e sua justiça é eterna (Sl 119:142). É Ele quem justifica aqueles que têm fé em Jesus (Rm 3:26);

2. A misericórdia de Deus. Deus sempre agirá com misericórdia, mediante à verdade (Sl 89:14b) e espera que seu filhos também sejam misericordiosos. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; (Mateus 5:6-7). Quando descansamos e confiamos no Senhor e em sua justiça, conseguimos nos colocar no lugar do outro, perceber que ele também precisa muito de Jesus em sua vida e o amor que vem do coração do Pai fala mais alto que a nossa justiça para agirmos com misericórdia. porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo! (Tiago 2:13)

3. Nossa justiça vem pela fé. Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: "O justo viverá pela fé". (Romanos 1:17). A fé é baseada na confiança daquilo que ainda não vemos (nossa justiça), mas na certeza que Deus é nosso juiz e fará justiça por nós. O Senhor reina para sempre; estabeleceu o seu trono para julgar. Ele mesmo julga o mundo com justiça; governa os povos com retidão. (Salmos 9:7-8 – NVI)

4. A justiça entre irmãos da igreja. O apóstolo Paulo aconselha como devem agir os cristãos em questões entre eles (ler 1 Co 6:1-8). Na verdade, ele diz que é motivo de vergonha para nós, deixarmos chegar a situação a ponto de querer processar judicialmente nossos próprios irmãos. Se tivéssemos sido prudentes e seguidores de seus mandamentos, isso não seria necessário. Há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo? (Tiago 4:12)

Conclusão: A nossa parte na justiça de Deus resume-se na misericórdia, na fé e no amor para com meus semelhantes. No mais, é Deus sempre fará sobressair nossa justiça quando confiamos Nele. Nós fomos feitos justiça de Deus através de Jesus, o qual nos justificou de todo pecado (2 Co 5:21). E desde agora, até o grande dia da vinda de Jesus, minha justiça está sendo cumprida e serei premiado pela coroa que o justo juiz colocará sobre minha cabeça e em todos os que O amam. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.2 Timóteo 4:8

Leonise Nichele Pereira, líder

Comunidade Semear – Viamão / RS