ONDE ESTÁ TEU CORAÇÃO?

  • PDF

Texto base: “Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas. Não tenham medo, pequeno rebanho, pois foi do agrado do Pai dar-lhes o Reino. Vendam o que têm e dêem esmolas. Façam para vocês bolsas que não se gastem com o tempo, um tesouro nos céus que não se acabe, onde ladrão algum chega perto e nenhuma traça destrói. Pois onde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração.” Lucas 12:31-34

 

Introdução: As pessoas chegam até Jesus Cristo por inúmeras razões, normalmente à procura de alguma bênção para si ou para outros: cura de enfermidades, restauração de relacionamentos, libertar-se de vícios, adquirir bens, um emprego, passar no vestibular, encontrar seu grande amor, etc. Começam a freqüentar a igreja e, depois de algum tempo, se não alcançam seu objetivo, afastam-se do caminho verdadeiro e colocam a culpa em Deus, ou ainda, dizem que Ele não existe. Outras pessoas, quando conquistam sua bênção, abandonam a fé, porque sua motivação estava apenas naquilo que é passageiro.

A palavra de Deus afirma que quando buscamos em primeiro lugar o Reino de Deus, todas as demais coisas serão alcançadas. Mas então, o que é necessário para permanecermos em Cristo e fazermos dessa busca nossa prioridade?

1. Ter um encontro impactante com Deus Filho. Saulo de Tarso era um judeu que pertencia à seita dos fariseus, perseguidor dos cristãos (At 8:1-3), até o dia em que teve um verdadeiro encontro com Jesus - (Leia Atos 9:3-6). Daquele dia em diante, houve uma conversão na vida daquele homem, o qual passou a ser o apóstolo Paulo. Creio que se antes de Cristo, Davi foi o homem que mais conquistas obteve em nome do Senhor, no novo testamento, Paulo foi aquele que mais avançou em territórios para o Reino de Deus. Ele abdicou de suas vontades, foi perseguido, torturado, injustiçado e morto. Porém ele mesmo afirmava que o morrer era lucro – (Fl 1:21), porque ele sabia onde estava sendo acumulado seu tesouro. Somente Jesus é o caminho que nos levará ao Reino do Pai. (Jo 14:6)

2. Confiar e descansar pela fé. Quando as pessoas experimentam a presença de Cristo em suas vidas, têm o ledo engano que, daquele momento em diante, tudo estará resolvido em suas vidas, que não haverá mais aflições e que, como num passe de mágica, todas suas súplicas serão atendidas por Deus. Na verdade, Jesus disse que aliviaria nosso fardo, que não nos daria algo maior, que não pudéssemos suportar – Fl 10:13 – e que para todas as coisas existe um tempo determinado para acontecer – Ec 3:1. Quando temos fé, agradamos a Deus, e a alegria Dele é que nos dá força para descansarmos e confiarmos que tudo aquilo que pedirmos crendo, Ele atenderá. – (Ne 8:10 c; Mt 21:22)

3. Perseverar até o fim. “... mas aquele que perseverar até o fim será salvo.” Mt 24:13. Deus não está à procura de conquistadores de bênçãos, mas sim de verdadeiros adoradores, que O adorem em Espírito e em verdade – (João 4:23), que passem por todo tipo de provação e ainda sim, perseverem com Ele – (Tg 1:12). “Não tenha medo do que você está prestes a sofrer. Saibam que o diabo lançará alguns de vocês na prisão para prová-los, e vocês sofrerão perseguição durante dez dias. Seja fiel até a morte, e eu lhe darei a coroa da vida.” (Ap 2:10)

Conclusão: Quando abrimos nosso coração para Jesus e verdadeiramente compreendemos o amor de Deus para conosco, entendemos o quão grande e poderoso Ele é, que os planos Dele para nossa vida, vão muito além do que pequenas bênçãos, mas sim, de uma vida na eternidade junto ao Pai. A partir de então, priorizar o Reino de Deus passa a fazer todo o sentido, tanto no tempo presente, aqui na terra, como no por vir, assim como é no céu.

Leonise Nichele Pereira, líder

Comunidade Semear – Viamão / RS