Rute, exemplo de fidelidade

  • PDF

Rute,  exemplo de fidelidade

Texto Base: Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus;Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o Senhor, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti. (Rute 1:16,17).

Introdução: A palavra fidelidade dá origem à palavra fé. No velho testamento não encontramos um texto dizendo que alguém tinha fé, mas que obedeceu, foi fiel e confiou. Nossa fé só poderá ser extraordinária se observarmos estes aspectos. Quando somos fieis aos princípios demonstramos que temos confiança nos princípios e por consequência isto determina minha fé. Aquilo em que acredito é aquilo  que eu confio. Pessoas fiéis são pessoas de fé. Não tenho como dizer que tenho fé em Deus se não sou fiel.

Rute era nora de Noemi, haviam perdido seus esposos, estavam sozinhas e Noemi decidiu voltar para Belém, sua terra natal, Rute por outro lado era moabita, não tinha qualquer parentesco em Belém, mas em um exemplo de fidelidade decidiu caminhar com sua sogra, colocando a morte como o motivo para deixar de andar com Noemi. Neste momento Rute fez aliança com Noemi, mas ela nem imaginava o quão poderosa seria a consequência desta aliança e o destino que estava sendo desatado sobre sua vida. Mas tudo foi possível porque Rute foi fiel, honrando sua aliança com sua sogra, obedecendo às orientações da sua sogra. Toda questão aqui se resume na fidelidade à aliança constituída que resultou:

  1. 1. Deus nos direciona ao destino - E Rute, a moabita, disse a Noemi: Deixa-me ir ao campo, e apanharei espigas atrás daquele em cujos olhos eu achar graça. E ela disse: Vai, minha filha. (Rute 2:2)- Quando estamos firmados em nossa fidelidade com Deus, Ele nos direciona ao lugar certo, a oportunidade correta. Quando Rute compartilha do seu desejo a sua sogra ela recebe a benção para tal, ou seja, houve uma atitude de honrosa de Rute  a sua sogra.
  2. 2. Deus conspira a favor do nosso destino - O Senhor retribua o teu feito; e te seja concedido pleno galardão da parte do Senhor Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar. (Rute 2:12) – Aqui vemos que Rute sendo honrada por sua atitude de honra, quando lá atrás resolveu caminhar com Noemi, mesmo Noemi não tendo nada a oferecer a Rute, decidiu caminhar em aliança com sua sogra.
  3. 3. Nosso destino é produzir benção de geração em geração, incluindo nossa paternidade - Então as mulheres disseram a Noemi: Bendito seja o Senhor, que não deixou hoje de te dar remidor, e seja o seu nome afamado em Israel.Ele te será por restaurador da alma, e nutrirá a tua velhice, pois tua nora, que te ama, o deu à luz, e ela te é melhor do que sete filhos.E Noemi tomou o filho, e o pôs no seu colo, e foi sua ama.(Rute 4:14-16) – A atitude de  Rute gerou um destino totalmente diferente do que elas estavam enfrentando, Tanto que Noemi mudou seu nome para Mara, que significa amarga, devido a tudo que estavam enfrentando, mas por causa da fidelidade de Rute, ela tiveram o destino alterado.

Conclusão: Vivemos dias em que a fidelidade é algo raro, esta muito difícil de achar alguém fiel. Fidelidade não tem haver com sentimento, porque os sentimentos vão e vem, fidelidade é um princípio, que deve durar até o propósito ser alcançado. Toda aliança é baseada em um propósito e para que o propósito seja alcançado é preciso fidelidade. Rute é um exemplo que devemos seguir, pois de forma poderosa ela desatou sobrenaturalmente o destino sobre si, sendo a bisavó do Rei Davi.

José Carlos, pr