Minha porção, minha herança, meu destino!

  • PDF

Texto base: Tu, Senhor, és a porção da minha herança e do meu cálice; tu és o sustentáculo do meu quinhão. Salmos 16:5 AA.

Introdução: Já mais devemos considerar um versículo isoladamente, pois cada versículo tem o seu contexto e sua resposta esta em outros versículos. A bíblia responde a bíblia. Por isso quando falamos em porção, herança e destino, entendemos que tudo esta relacionado um ao outro. Nosso destino é alcançar a nossa parte (porção) na herança já predestinada por Deus. “Nele, fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que cria absolutamente tudo de acordo com o propósito da sua própria vontade”. (Efésios 1:11 KJA).

Nosso destino esta determinado pelo propósito de Deus em seus livros.De diante dele, brotava e fluía um rio de fogo. Milhares de milhares o serviam; milhões e milhões prostravam-se diante dele. Então o Tribunal deu início ao julgamento, e todos os livros foram abertos”.(Daniel 7;10 KJA). Com base nos versículos lidos até aqui podemos nos acercar destas verdades e começar a trazer a existência os fatos já predeterminados por Deus ao nosso respeito.

Nosso objetivo aqui não é nos aprofundar na teologia, mas mostrar de forma prática aquilo que Deus em sua palavra nos liberou a alcançar por meio da fé; a nossa porção. Jesus disse que se não duvidássemos tudo seria feito conforme nossas palavras, ”Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito”. ( Mc 11:23 CFR). È preciso crer e crer.

Quando entendemos que tudo esta determinado pelo propósito e não por nós mesmo, poderemos tomar da nossa parte (porção) da nossa herança em Cristo Jesus. “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos;” (2 Timóteo 1:90 CRF). Jesus traçou um destino segundo seu propósito, mas não teria efeito algum sem a sua morte, e na sua morte nos tornou herdeiros diretos dos bens celestiais que estava sobre Ele, a nós. Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador”. (Hebreus 9:16 CRF).

O que aprendemos:

  1. Cura física esta em nosso destino – As enfermidades não são a vontade de Deus, elas vem por consequência da queda do homem, mas o projeto de Deus é nos curar de todas elas ( Sl. 103:3; Is. 53:4; Lc. 6:19; At. 5:16). Um exemplo claro foi a mulher do fluxo de sangue (Mc. 5:25-34) que determinou sobre si a cura. “Certamente se tocar no seu manto SEREI CURADA.”
  2. 2. Prosperidade esta em nosso destino – A prosperidade nunca foi o objetivo principal das escrituras, mas é uma consequência de obediência as escrituras, “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma.” (3 João 1:2 RA). Deus não quer ver o seus filhos comendo migalhas, porque migalhas não são para os filhos e sim o pão (Mt. 15:26), o pão tem um sentido amplo na bíblia porque fala de comunhão, alimento físico e espiritual, representa o próprio Jesus. Mas acima de tudo quando não há pão há fome. Assim a prosperidade é estar bem em todas áreas da nossa vida, inclusive a financeira. Deus quer que tenhamos o melhor, não para esbanjarmos, mas para repartir. Isto é propósito de Deus!!
  3. 3. Conquistas estão em nosso destino - Esta conquista não é a dos sonhos pessoais, pois a do sonho pessoal esta no conceito da prosperidade. Esta conquista fala de conquistar pessoas, famílias, cidades e nações, convertendo-as a Cristo. Conquistar o Coração das pessoas para que compreendam também o seu destino, e entrem no propósito de Deus. Nós fomos conquistados para conquistar, Paulo entendia este principio e declarou que foi conquistado para conquistar (Fp. 3:12). Esta conquista não se da por força, mas por influencia daquilo que Cristo tem feito em nossas vidas. Em nosso caráter, atitudes, palavras, em nossa vida em geral. Esta conquista se dá pelo poder de Deus atuante em nossas vias, a manifestação do seu poder curando, libertando, transformando. No dia de pentecostes o que despertou as pessoas naquele dia foi o extraordinário liberar do Espírito Santo naquele dia, que a bia diz que as pessoas ficaram perplexas, com o que estava acontecendo (At. 2: 1-12). Esta conquista se da pela restauração dos valores de Deus em nossa sociedade e você foi chamado para isto. Esta no teu destino.

Conclusão: Nossa porção, nossa herança e nosso destino já esta pronto nos livros que estão nos céus (Cortes Celestiais), precisamos manifestar estes propósitos!!

José Carlos, Pr